sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Anchova Negra

Sábado passado, quando fui à feira, Taka, o meu peixeiro, me apresentou um pescado que não eu conhecia, anchova negra, segundo ele. Segundo o que descobri, é um peixe de águas profundas, do Pacífico. Apesar do nome, é um peixe de carne branca, grande, com alto teor de gordura, assim como o salmão. Havia um belo filé disponível, que daria um belo jantar. Curioso que sou para os assuntos culinários, prontamente mandei pesar e embrulhar a criatura. Segundo o Taka, pelo seu teor de gordura, o peixe era perfeito para grelhar ou assar. Foi o que eu fiz. Após deixar o peixe alguns minutos em limão, coloquei-o em um refratário, temperei com sal e um pouco de pimenta branca, e cobri-o com algumas folhas inteiras de sálvia fresca. Cerquei o filé com batatas fatiadas e cozidas, misturadas com alecrim fresco. Reguei tudo com azeite extra-virgem (aqui em casa temos um consumo absurdo deste azeite...) e coloquei no forno bem quente por uns 30 minutos. Ficou delicioso! O sabor do peixe foi valorizado pela simplicidade da receita. Ele se desmanchava na boca, cozido na medida ideal, sem estar seco ou encharcado demais. A simplicidade das batatas também complementou bem o pescado. Qualquer molho que eu tivesse preparado não faria jus a um peixe tão gostoso.

7 comentários:

Luciana B. disse...

Rainer e Érica, gostei muito do blog de vocês, estava a procura de uma receita de anchova negra e por acaso cheguei aqui. Muito interessantes as receitas e os relatos de viagens. Um abraço,
Luciana

Anônimo disse...

Conheci o blog de vocês quando procurava uma receita de com anchova negra e fiquei encantada com suas descrições gastronômicas! Em relação à anchova, eu a temperei com limão e fondor (evita que eu erre com o sal) e reguei com azeite, assei cerca de 25 min coberta com papel alumínio). Depois retirei do forno, acrescentei as batatas fatiadas e cozidas (como na foto de vocês) e cobri as batatas com o alecrim e o peixe com a sálvia, mais azeite e forno. Ficou divino! Obrigada, Patrícia

Francisco disse...

A anchova negra, é um peixe deliciosa, inclusive feito na churrasqueira. Voce precisa apenas tomar um cuidado ao degusta-lo.
A sua gordura concentra-se entre o couro e a carne, portanto evite comer essa gordura, pois seu intestino irá desandar de tal forma que voce não terá tempo de chegar ao banheiro. Mas a sua carne vale a pena. Portanto não deixe de esperimentar.

Anônimo disse...

MUITO CUIDADO AO DEGUSTAR ESTE PEIXE.
CONTEM MUITO OLEO, E O INTESTINO FICA TOTALMENTE SOLTO, A PONTO DE NÃO PERCEBER TAL QUANTIDADE DE ÓLEO.

Anônimo disse...

Este peixe também conhecido como peixe-prego tem uma carne branquinha e rica em uma gordura chamada "gempylotoxin". Este peixe causa um desarranjo intestinal acompanhado da eliminação de um óleo de cor alaranjada. O peixe prego também é utilizado em sushis e sashimis, portanto, cuidado ao consumí-lo, pois ninguém avisa dos seus efeitos colaterais. Dica: não sirva para seus convidados se não quiser que eles passem mal.

Anônimo disse...

O peixe é delicioso e quando comi pela primeira vez (acho que última) fiquei maravilhada... Mas, após os efeitos colaterais das gotas de óleo alaranjado no vaso sanitário, fiquei desolada e fui pesquisar sobre pâncreas, marquei consulta com um gastro, fiz pesquisas na internet, pensei em pancreatite e outras coisa. Afinal, agora vejo que somente efeitos colaterais. Não se assustem pois o peixe é tão gostoso, tão macio, tão branco, tão e tão que a gente acaba exagerando.

reginaldo ferreira disse...

Reginaldo
Minha esposa fez uma surpresa aparecendo esta Páscoa com um peixe chamado Anchova Negra, deipois de pronto comemos muito e eu o tempo todo falando que o peixe esta maravilhoso de verdade porque ela cozinha mais ou menos contudo...no outro dia o efeito colateral que não conheciamos atacou primeiro eu...adivinhe foi vitima da gentiliza feminina me xinguando muito afinal de contas borei as cuecas e lençol com um liquido laranja, problema e que não senti nada mas a vingança veio rápido aconteceu o mesmo com ela ai foi a fora e ri muito, cuidado com este peixe...rsrsrsrsrsrsrs